27.2 C
GUARULHOS NO MUNDO*
segunda-feira, dezembro 11, 2017
Home GUARULHOS Últimas Noticias

Últimas Noticias

Últimas Noticias

Últimas Noticias Saiba: das últimas notícias com credibilidade na informação sobre os ... Prefeito de Guarulhos e do estado esteve em um evento de empresário nos Estados Unidos. Saiba mais sobre Ultimas noticias. A presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, publicou uma portaria em que o CNJ obriga tribunais de todo o Brasil a informar dados sobre estrutura e pagamentos remuneratórios de juízes, alegando ser necessário para que o órgão apure eventuais descumprimentos do teto salarial. Os dados ficarão disponíveis no site do conselho e poderão ser utilizados em procedimentos internos de investigação do órgão. Últimas Noticias A decisão de Cármen Lúcia acontece após a revelação dos gordos contracheques no Tribunal de Justiça do Mato Grosso, cuja folha salarial de julho incluiu 114,6 mil reais ao presidente, Rui Ramos Ribeiro. Já o juiz Mirko Vincenzo Giannotte, titular da 6ª Vara de Sinop (MT), recebeu mais de meio milhão de reais, precisamente 503.928,79 reais em salário. Últimas Noticias A presidente do CNJ decidiu também pedir detalhamento específico dos pagamentos feitos aos magistrados. Atualmente, já há alguma divulgação de tribunais sobre remunerações, mas sem especificar quanto se refere a salários e quanto a benefícios. Uma das determinações é para que os tribunais enviem, em um prazo de dez dias úteis, a lista com os pagamentos feitos neste ano, de janeiro a agosto. Últimas Noticias A portaria estabelece que, a partir de setembro, os tribunais terão até cinco dias após o pagamento aos magistrados, para encaminhar cópia da folha salarial, “para divulgação ampla aos cidadãos e controle dos órgãos competentes e para controle da regularidade do orçamento e finanças de cada qual dos Tribunais pelo CNJ”. Últimas Noticias Cármen Lúcia afirma que “a Presidência do Conselho Nacional de Justiça providenciará a adoção de medidas específicas pela Corregedoria Nacional de Justiça para explicitação ou adoção de providências, quando for o caso, de descumprimento das normas constitucionais e legais sobre pagamentos realizados sem o fundamento jurídico devido”. A ministra justifica que isso é necessário para o CNJ “cumprir as suas atribuições constitucionais de controle da legalidade e da moralidade pública” e destaca, ainda, “a necessidade de se garantirem as apurações em curso neste órgão sobre descumprimento do teto constitucionalmente assentado”. “O Conselho Nacional de Justiça manterá, em seu sítio, espaço específico de transparência dos dados relativos aos pagamentos realizados a todos os magistrados pelos órgãos de jurisdição brasileira submetidos a seu controle”, observa Cármen Lúcia na portaria.

Lista das resoluções do CNJ:

Art. 1º Determinar a todos os Tribunais do Poder Judiciário do Brasil, submetidos ao controle administrativo deste Conselho Nacional de Justiça, o envio de cópia das folhas de pagamento dos magistrados da competência de cada qual de janeiro de 2017 até o mês de agosto de 2017, especificando os valores relativos a subsídio e eventuais verbas especiais de qualquer natureza e o título sob o qual foi realizado o pagamento. Art.2º Os Tribunais terão dez dias úteis para enviar à Presidência deste Conselho Nacional de Justiça as cópias, contando-se este prazo da publicação da presente Portaria. Art. 3º A partir do mês de setembro de 2017 todos os Tribunais do País submetidos ao controle administrativo do Conselho Nacional de Justiça encaminharão, até cinco dias após o pagamento aos magistrados, cópia da folha de pagamentos realizados para divulgação ampla aos cidadãos e controle dos órgãos competentes e para controle da regularidade do orçamento e finanças de cada qual dos Tribunais pelo Conselho Nacional de Justiça. Art. 4º A Presidência do Conselho Nacional de Justiça providenciará a adoção de medidas específicas pela Corregedoria Nacional de Justiça para explicitação ou adoção de providências, quando for o caso, de descumprimento das normas constitucionais e legais sobre pagamentos realizados sem o fundamento jurídico devido. Art. 5º O Conselho Nacional de Justiça manterá, em seu sítio, espaço específico de transparência dos dados relativos aos pagamentos realizados a todos os magistrados pelos órgãos de jurisdição brasileira submetidos a seu controle. Art. 6º O descumprimento do prazo previsto no art. 1º desta Resolução resultará na abertura de correição especial no Tribunal que der causa à desobediência da regra. Art. 7º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. (Com Estadão Conteúdo)

Semana do Peixe incentiva consumo de peixes e frutos do mar

Semana do Peixe incentiva consumo de peixes e frutos do mar

Semana do Peixe incentiva consumo de peixes e frutos do mar 18:26:15 Brasil consome mesma quantidade de pescado que o mundo comia em 1960; campanha nacional...
video

Guarujá é a cidade do estado de São Paulo com o maior número...

Guarujá é a cidade do estado de São Paulo com o maior número de explosões de caixa eletrônicos Guarujá é a cidade do estado de...

Brasil pode enfrentar uma nova ameaça, desta vez de Midges mordedores

Brasil pode enfrentar uma nova ameaça, desta vez de Midges mordedores Saúde global Por DONALD G. McNEIL Jr. AUG. 25, 2017 foto Misturas mordidas do gênero Culicoides podem transmitir o vírus...

Associação de procuradores divulga carta de repúdio a declarações de Gilmar Mendes

Associação de procuradores divulga carta de repúdio a declarações de Gilmar Mendes  16:57:01  Associação de procuradores divulga carta de repúdio a declarações de Gilmar Mendes A associação...
Sem doação empresarial, sistema eleitoral ficou com “pé quebrado”, diz Gilmar

Sem doação empresarial, sistema eleitoral ficou com “pé quebrado”, diz Gilmar

Sem doação empresarial, sistema eleitoral ficou com “pé quebrado”, diz Gilmar Sem doação empresarial, sistema eleitoral ficou com “pé quebrado”, diz Gilmar 12:07:22 Agência Brasil Mendes defende que...
Votação mantêm veto do prefeito a PL que beneficiaria deficientes

Votação mantêm veto do prefeito a PL que beneficiaria deficientes

Votação mantêm veto do prefeito a PL que beneficiaria deficientes Votação mantêm veto do prefeito a PL que beneficiaria deficientes 07:25:55 Projeto de vereador permitiria a acompanhantes...

Procuradoria lança campanha celebrando 11 anos da Lei Maria da Penha

Procuradoria lança campanha celebrando 11 anos da Lei Maria da Penha Procuradoria lança campanha celebrando 11 anos da Lei Maria da Penha Foram produzidos 34 mil...
CPA/M7 oficializa a sua 1ª comandante mulher

CPA/M7 oficializa a sua 1ª comandante mulher

CPA/M7 oficializa a sua 1ª comandante mulher CPA/M7 oficializa a sua 1ª comandante mulher 23/08/2017 10:09 AM / Raphael Pozzi / Atualizado em 23/08/2017 10:09-folha   A Polícia Militar oficializou ontem a primeira...
Câmara pode votar hoje mudanças no sistema eleitoral

Câmara pode votar hoje mudanças no sistema eleitoral

Câmara pode votar hoje mudanças no sistema eleitoral Câmara pode votar hoje mudanças no sistema eleitoral 10:08:57 Câmara pode votar hoje mudanças no sistema eleitoral  Agência Brasil A Comissão...
Entenda o que é o fundo de campanha e como pode ficar o financiamento eleitoral

Entenda o que é o fundo de campanha e como pode ficar o financiamento...

Entenda o que é o fundo de campanha e como pode ficar o financiamento eleitoral 17:36:27 Entenda o que é o fundo de campanha e como...

Stay connected

50,510FansLike
0FollowersFollow
0FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

Latest article

Justiça Eleitoral torna inelegível por 8 anos o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes

Justiça Eleitoral torna inelegível por 8 anos o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes Justiça Eleitoral torna inelegível por 8 anos o ex-prefeito do Rio Eduardo...
Ministério Público investiga rede de adoções ilegais da IURD

Ministério Público investiga rede de adoções ilegais da IURD

Ministério Público investiga rede de adoções ilegais da IURD Ministério Público investiga rede de adoções ilegais da IURD 17:15:38 Alexandra Borges, Sérgio Figueiredo e Judite França na...
Petrobras quer que Gleisi Hoffmann devolva R$ 1 milhão aos cofres da empresa

Petrobras quer que Gleisi Hoffmann devolva R$ 1 milhão aos cofres da empresa

Petrobras quer que Gleisi Hoffmann devolva R$ 1 milhão aos cofres da empresa Petrobras quer que Gleisi Hoffmann devolva R$ 1 milhão aos cofres da...