Brasil Novo vai discutir o futuro da economia com ministros.

0
360

Brasil Novo vai discutir o futuro da economia com ministros.

Seminário Brasil Novo vai discutir o futuro da economia com ministros

As comissões de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ); de Finanças e Tributação; de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; e do Código Comercial (PL 1572/11) da Câmara realizam em conjunto na terça-feira (29), o seminário Brasil Novo – Discussões para a construção de uma agenda positiva no Congresso Nacional.

Estão convidados para o seminário os ministros da Fazenda, Guido Mantega; e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Mauro Borges Lemos; e os presidentes do Banco Central do Brasil, Alexandre Tombini; e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, além de representantes do setor.

O evento está marcado para as 9 horas, no auditório Nereu Ramos.

O seminário pretende discutir com os mais diversos segmentos o presente e o futuro da economia brasileira, buscando não somente a compreensão e a análise de cenários, como também a busca de alternativas para enfrentar os obstáculos que ainda emperram o desenvolvimento do País.

Parlamentares e presidentes das principais confederações da economia brasileira se reúnem para destacar projetos e propostas na busca de soluções nas ações governamentais, alinhadas ao setor produtivo que possam trazer celeridade no desenvolvimento econômico brasileiro.

O presidente da CCJ, deputado Vicente Cândido, ressaltou que o seminário vai iluminar o melhor caminho para destravar a economia brasileira. “Os grandes temas que unem o setor produtivo e políticas públicas devem caminhar em conjunto, para que dessa forma possamos possibilitar o crescimento da economia e geração de renda no País”, destacou.

Para o presidente da Comissão de Finanças e Tributação, Mário Feitoza (PMDB-CE), o momento de ampliar o cenário econômico brasileiro é agora. “Decorridos mais de 10 anos, nosso otimismo diante da economia diminuiu. Apesar de termos alcançado avanços em vários índices socioeconômicos, velhos gargalos da infraestrutura e na organização do estado ainda emperram o continuar deste desenvolvimento”, afirmou.

Convidados e expositores
Também estão convidados para o seminário representantes das entidades como a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), da Confederação Nacional das Instituições Financeiras (CNF), da Confederação Nacional da Indústria (CNI), da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e da Confederação Nacional do Transporte (CNT).

Além destes também participarão representantes do Banco Central, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), da Receita Federal, do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), do BNDES, economistas e pesquisadores da área econômica brasileira.

Brasil Novo vai discutir o futuro da economia com ministros.

Similar Posts:

No votes yet.
Please wait...